receba novidades

Notícias

Voltar

Turistas podem 'mergulhar' em Fernando de Noronha sem se molhar

Embarcação do Projeto Navi é uma das novidades para este verão. Lente no fundo do barco permite ver a vida marinha, de dia e à noite.

Quem vê de longe, logo se pergunta se é um aerobarco ou um submarino. A resposta mais aproximada: os dois. A embarcação Navi, do Projeto Natureza Viva, possibilita o passeio de barco no arquipélago pernambucano de Fernando de Noronha, com um extra: a visão do fundo do mar, repleto de peixes, tartarugas e, com um pouquinho de sorte, golfinhos rotadores e tubarões, através de uma grande lente de vidro no fundo do barco. É, literalmente, um mergulho a seco no mar do arquipélago. A embarcação promete ser o programa do verão desta temporada.

A partir deste mês, a hidronave vai dar início aos passeios noturnos. A embarcação tem quatro faróis, totalizando 1.200 watts de potência, o que é suficiente para iluminar 60 metros quadrados. Quem fizer a expedição à noite vai descobrir uma vida marinha diferente. “A luz vai atrair plânctons, que atrairão pequenos peixes e, consequentemente, cardumes de predadores como xaréus e tubarões”, informa Leonardo Veras, diretor do projeto, que é engenheiro de pesca e especialista em tubarão da espécie limão. 

O serviço oferecido é uma expedição oceanográfica. Antes do embarque, o visitante recebe informações sobre o meio ambiente de um especialista, na sede do Museu dos Tubarões. “Nosso propósito é realizar educação ambiental aliada ao turismo, por isso disponibilizamos um biólogo, ou oceanógrafo, para interpretação do ambiente marinho que será visitado”, afirma Veras. 

A hidronave é um barco com tecnologia militar russa, desenvolvida no período da chamada Guerra Fria. O Navi foi fabricado cidade de Yaroslav, e conta com uma lente de 3m x 2m , que possibilita a visão submarina e também aproxima o fundo em até três vezes. Já foram realizadas mais de 500 expedições, e na grande maioria, os turistas avistaram diversos peixes e até golfinhos. No mês de outubro, por exemplo, esses mamíferos foram vistos em 78% das expedições.

Apoio científico

O Projeto Natureza Viva está fechando parceria com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), que acaba de instalar em Fernando de Noronha um marégrafo, equipamento responsável pela monitoramento do nível do mar. Os profissionais do Navi vão realizar manutenção do material e divulgar os dados coletados nas palestras realizadas no Museu dos Tubarões.

Serviço

Projeto Navi

Passeios diários, de uma hora e meia de duração

R$ 150,00, por pessoa

Vendas – (81) 3619 0230 /3619 1365

Local de saída – Museus dos Tubarões

Fonte: http://g1.globo.com

Tags: turistas, mergulhar, noronha, submarino

Voltar