O jornalista tem muitos trabalhos na área ambiental

Cláudio Savaget, um dos criadores do Projeto Tamar e o programa Globo Ecologia, está em Fernando de Noronha depois de oito anos sem visitar a ilha. Savaget exibiu na noite desse sábado (30), no Projeto Tamar, o documentário Padres de Ataúro, gravado no Timor-Leste, onde mora há cinco anos.

O filme, que tem 98 minutos, narra a história dos padres Luís e Pedro em trabalho missionário naquele país. Ataúro é uma ilha do Timor e Savaget levou para local a ideia do mergulho de reboque, nos moldes do Plana Sub, criado pelo engenheiro de pesca radicado em Noronha, Léo Veras.

Cláudio Savaget vê outras semelhanças entre os dois destinos. “O turismo em Ataúro está começando, me lembrou muito Noronha no passado, pela questão do isolamento. Eu levei o Plana Sub porque acho uma opção legal para as pessoas. O Governo local me procurou para saber das experiências em Fernando de Noronha, como a possível implantação de uma Taxa de Preservação Ambiental”, falou o jornalista.

O retorno à Noronha

“O melhor de estar de voltar é reencontro com os amigos, as pessoas que gostam de mim, os mais próximos, e também os amigos muito antigos, que se foram e os parentes ficaram. Eu me emocionei ao encontra a neta de Dona Pituca, a Leandra, nós choramos muito. Foi muito legal, lembrar também de Seu Salviano. Noronha é mágica”, finalizou Savaget.

 

Fonte: https://g1.globo.com/pe/pernambuco/blog/viver-noronha/post/2018/07/01/claudio-savaget-apresenta-em-fernando-de-noronha-filme-gravado-no-timor-leste.ghtml